Pena Schmidt

 

 

arte - Pena Schmidt.jpg

Pena Schmidt trabalha para a Música desde 1972, desbravando a carreira de técnico de som, montando palcos, operando sintetizadores, construindo e operando mesas de som e ensinando o ofício. Passou pela indústria fonográfica, montando e gerenciando estúdios, gravando e produzindo mais de 50 discos; contratando artistas para grandes gravadoras, quando ganhou seus discos de ouro, que depois gastou no seu selo Tinitus, onde lançou mais 30 discos independentes. Cuidou da organização de festivais desde os primeiros, lá em Iacanga 1975, fazendo todos os Free Jazz e muitos outros, com muitos palcos e grandes equipes. Inaugurou e foi gestor do Auditório Ibirapuera. Hoje visita os Festivais, produz a #listadaslistas, faz curadorias e consultorias sobre Música.

 

 

Venha se inspirar com a gente!

base logos ministerio turismo.png